Search

Caio André denuncia intervenção da Água de Manaus em avenida, 24h após recapeamento asfáltico


O vereador Caio André (PSC) denunciou nesta quarta-feira (27/4), um serviço da Águas de Manaus que abriu um buraco na Avenida Desembargador João Machado, no Conjunto Planalto, bairro Alvorada, que havia sido recapeada 24 horas antes. O vereador classificou a ação como “intervenção desastrosa” e exigiu que a empresa tenha uma comunicação com a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) e assim deixar de prejudicar a população e evitar gastos públicos.


“Essa é uma ação que a Seminf começou a realizar em todo o bairro do Alvorada, em todo o bairro do Planalto e, pasmem senhores, logo após o trabalho da prefeitura, adivinhe o que aconteceu? A empresa Águas de Manaus foi e quebrou. Quebrou! A rua onde acabara de haver o recapeamento asfáltico. A prefeitura, com cuidado para a manutenção do trânsito só fez o recapeamento em um lado da rua. Nem terminou e a empresa Águas de Manaus veio e já quebrou. Ou seja, serviço feito e jogado fora”, explicou o vereador Caio André.


Para o vereador, isso ocorre pela falta de comunicação da concessionária com a Seminf, o que traz danos públicos. “Mais uma vez dinheiro público vem sendo desperdiçado porque a Águas de Manaus simplesmente não tem a capacidade de se comunicar com a Secretaria de Infraestrutura do município e saber quais ruas estão na programação de recapeamento na cidade de Manaus. Isso precisa acabar de uma vez por todas!”


O vereador fez uma moção de repúdio a empresa e pediu que a mesma mande para a Câmara Municipal de Manaus (CMM), para Seminf e os órgão reguladores, a programação de manutenção dos próximos seis meses e que assim possa evitar gastos públicos e transtornos à população manauara.


“A Águas de Manaus precisa, de uma vez por todas, enviar para esta casa, para a prefeitura de Manaus, para as agências reguladoras e para a Secretaria de Obras, a sua programação para os próximos seis meses para que nós não tenhamos que passar por isso, para que a população não seja mais uma vez prejudicada pela falta de planejamento da empresa. Isto é dinheiro público, minha gente. Por isso quero, de forma verbal, fazer uma moção de repúdio contra a empresa por mais essa intervenção desastrosa”, finalizou.


Texto: Assessoria de Comunicação do vereador

Foto: Emerson Olliver – Assessoria de Comunicação do vereador

0 views0 comments