Search

Caio André põe fim as sessões hibridas após aprovação de requerimento de sua autoria


A Câmara Municipal de Manaus (CMM), aprovou, nesta quarta-feira (30/3) o fim das sessões hibridas na casa. De autoria do vereador Caio André (PSC), o requerimento 2685/2022 pedia o fim das sessões híbridas e consequentemente o retorno de todos os parlamentares às sessões presenciais. Antes do requerimento ser votado, o vereador recolheu assinaturas de seus pares para a aprovação da propositura.


Na justificativa, o vereador Caio André destaca que os decretos estadual e municipal já mostram o controle da pandemia, portanto, não há necessidade se se manter o formato hibrido na CMM.


“Considerando o Decreto estadual, bem como o iminente Decreto municipal, previsto para o dia 30 do corrente, que versa sobre o fim do uso das máscaras, em decorrência do efetivo controle da pandemia, causada pelo coronavírus, assim como o retorno de várias atividades tanto públicas, quanto privadas, vimos ser desnecessária a continuidade de reuniões no formato híbrido. Diante disso, pedimos apoio aos nobres vereadores para a aprovação desta propositura”, justifica o documento.


O vereador Marcelo Serafim (PSB), líder da Prefeitura na CMM, que também já se mostrava incomodado com a continuação do formato, elogiou a atitude do vereador Caio André. “Quero parabenizar o vereador Caio André, que se propôs em apresentar esse requerimento do fim das votações hibridas, até para que se fique registrado, para que amanhã não apareça outro pai da criança”, comenta.


Após aprovação, o vereador Caio André frisou que o fim do formato já era uma vontade da maioria dos vereadores e hoje, o atual momento, era oportuno para que isso fosse votado e aprovado na casa.


“Nós relutamos em votar isso antes por conta de algumas situações específicas de alguns colegas vereadores, mas chegou o momento. Agora, que o governo entendeu que podemos voltar ao mais normal possível, e a prefeitura também, com o decreto de hoje sobre a não obrigatoriedade do uso de máscara. Então, não havia momento mais propício para que nós pudéssemos voltar à normalidade. Praticamente todos os colegas assinaram, isso mostra que esse é o entendimento de todos e dessa casa também”, finalizou.


Texto: Assessoria de Comunicação do vereador

Foto: Emerson Olliver – Assessoria de Comunicação do vereador

0 views0 comments