Search

Caio André solicita criação de cadastro de reservas para aprovados no concurso da PCAM 2022


O vereador Caio André (PSC), usou a plenária no grande expediente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), para falar sugerir que seja criado um cadastro de reserva com os aprovados no concurso público da Polícia Civil do Amazonas. Para o vereador Caio André, a causa é muito justa e favorece o Estado no que diz respeito a gastos públicos futuros. Ele afirma que levará a demanda ao Governador do Estado.


“O concurso ocorreu de forma democrática, como deveria acontecer, no entanto, não há a previsão de cadastro de reserva, o que traz uma preocupação, pois todos os concursos das força de segurança ocorrem em várias etapas que acabam eliminando muitos candidatos. E neste ele prevê a correção de um número de redações, que é a segunda etapa deste concurso, aquém daquilo que a Polícia civil poderia receber de futuros policiais”, explicou o vereador.


Segundo Caio André, isso traz uma preocupação, afinal, no decorrer das etapas muitos candidatos serão reprovados e muitos sequer chegarão ao final do certame deixando as vagas sem preenchimento, ocasionando prejuízos à população. Ele conta ainda que recebeu um dos representantes dos mais de 1.500 aprovados no concurso e explicou o desejo deles.

“Eu recebi ontem (11/4), um dos representantes dos candidatos da PCAM 2022, e a busca deles é que o Governo do Estado aumente o número de redações corrigidas e, assim, possa ter o maior número de pessoas participando das outras fases, isso se forem aprovadas nas fases anteriores, e, a partir de então criar um cadastro de reserva”.


Para o vereador, o cadastro de reserva é uma causa digna e eficiente quando se pensa em cortar gastos públicos e afirmou que irá levar até o governador esse pleito.


“Eu vou levar esse pleito ao governador e ao secretário de segurança e que seja criado o cadastro de reserva, fazendo aquilo que o governo quer, o preenchimento das vagas e o maior número de policiais defendendo a população. É uma causa digna e friso que, se houver o cadastro reserva, o Estado não será compelido a ter que realizar um novo concurso se, porventura, nós não tivermos o preenchimento dessas vagas”, finalizou.


Texto: Assessoria de Comunicação do vereador

Foto: Emerson Olliver – Assessoria de Comunicação do vereador

4 views0 comments